Carregando...
Política de Privacidade
Menu

Acesse o SIC - Sistema Interativo Cliente

Setor imobiliário tem melhor ano em vendas desde 2014

Categoria - Notícias

Autor: Comunicação Correta Imóveis - 27/10/2020

A economia brasileira começou 2020 com uma recuperação lenta, sem ter superado plenamente a recessão de 2014 a 2016. E a pandemia do novo coronavírus afetou ainda mais os resultados previstos para este ano. No entanto, o setor imobiliário apresentou recuperação acelerada e, inclusive, superou números de anos anteriores.

Segundo a Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias) e a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), as vendas no primeiro semestre de 2020 foram as maiores para o período desde 2014 – período em que o Brasil começava a entrar em recessão.

Foram mais de 61.600 imóveis vendidos entre janeiro e junho, o que representa um crescimento de 10,6% em relação aos primeiros seis meses de 2019. O mês de maio foi o melhor desde março de 2015, com 12.707 imóveis vendidos.

JUROS BAIXOS

A aceleração das vendas de imóveis nos últimos meses também está ligada aos patamares baixos dos juros brasileiros neste ano. Em setembro, por exemplo, a taxa Selic está em 2% ao ano. É o menor patamar desde 1999, quando o Banco Central adotou o regime de metas de inflação. Por servir de referência para o restante da economia, a Selic também impacta os juros e o crédito no setor imobiliário.

Sendo assim, com a taxa de juros em baixa, fica mais barato tomar um empréstimo no banco para comprar uma casa. Pagar os juros de um financiamento de imóvel pode ter se tornado mais vantajoso do que pagar o aluguel a cada mês. Ao mesmo tempo, a construtora também consegue crédito a uma taxa mais baixa para financiar um novo empreendimento imobiliário.

Favorito
Comparar